asics-padel

Asics reinventa Pádel

Uma mistura entre pádel (Jogo similar ao Tênis, é disputado sempre em duplas.) e paintball. É esta a proposta da Asics no seu mais recente anúncio em que junta também Pablo Lima e Fernando Belasteguín, a dupla número um no top mundial de pádel. De acordo com a marca, a ideia é reinventar a modalidade e, para isso, recorreu a um campo diferente do habitual, sem linhas e sem parede de vidro, e a um equipamento alternativo com máscaras incluídas. Mais: em vez de dois contra dois, o jogo fez-se entre equipes.

O novo spot publicitário foi gravado e produzido em Barcelona e, de acordo, com Albert López, Brand manager da Asics Iberia, tem como objectivo dar nova vida ao pádel que «há anos deixou de surpreender». Citado pelo Marketing News, o responsável acrescenta que planeiam revolucionar toda a comunicação relacionada com esta modalidade.

 

 

TIM - paintball drones

TIM reúne clientes para uma batalha de paintball com drones

A TIM já percebe a força dos influenciadores e heavy users de redes sociais há um tempo. Por isso, criou seu plano exclusivamente direcionado a esses usuários. A operadora garante descontos para os clientes com 16 e 25 anos que têm grandes números de seguidores nas redes ou passam maior parte do dia conectados. Este parece ser um nicho restrito, mas não é, já são mais de 2,5 milhões de TIM Beta e a companhia de telecomunicações sabendo de seu potencial cria diversas formas defidelizar e presentear este público.

Jovens já foram agraciados até mesmo com viagens a sede do Google, no Vale do Silício. Desta vez, foi pensada uma ativação mais próxima do Brasil, porém com um conceito que foge do lugar-comum.

Alguns millennials foram convidados pela empresa para ir até um galpão na Zona Leste brincar de paintball, mas não qualquer um. As duas equipes tinham como principal arma um drone comandado pelo toque do celular. A potente arma aérea além de sua vantagem técnica também atirava balas em tinta florescente, conhecida como glow.

A estratégia de live marketing foi pensada pela R/GA, que em seu dna procura unir ativações com inovações digitais.
Ficha técnica:

Managing Director: Fabiano Coura
VP Tecnologia e Produção: Edson Sueyoshi
Diretores Executivos de Criação: Carlos Fonseca e Saulo Rodrigues
Diretor de Criação Associado: Bruno Sanchez e Daniel Ottoni
Criação: Daniel Colferai, Erico Ferrari, Giulio Beloto, Rafaela Mascaro e Thiago Grigoletto
RTV: Rafael Messias e Caroline Bonani
Motion Design: Andrea Senise e Tiago Souza
Atendimento: Ana Hasegawa e Fernanda Silvado
Gerente de Projetos: Breno Amorim, Felipe Spengler, Amanda Redondo e Luana Silveira
Planejamento: Marcia Aguirre, Arthur Calefe e Nathalia Adrijic
Mídia: Rodolpho Aguiar Eufrosino, Yhannys Cabral e Mariana Queiróz
Social: Bruna Brandão
Analytics: Hugo Nakahara, Juliana Rosário e Thalita Balestero
Aprovação: Livia Marquez, André Borges, Carolinne Spiegel, Patricia Diniz, Juliana Rebello e Matheus Serdeira
Produtora de Filme: Paranoid Br
Direção: Banzai
Atendimento: Chica Mauger
Direção de Fotografia: Will Etchebehere
Montagem: Danilo Abraham e Victor Cohen
Produção Executiva: Egisto Betti
Finalização: Roberta Bruzadin
Pós-produção: Jonathan Post
Produtora de Som: Punch Áudio
Atendimento: Lili D. Aragoni
Produtor: Mariano Alvarez
Maestro: Database

Trial x Esportivas – Paintball

Trial x Esportivas – Paintball

 

A fabricante de equipamentos e soluções para comunicação wireless (sem fio) Cardo Systems resolveu produzir um vídeo radical de um confronto de paintball entre motociclistas com motos trial e motos esportivas para o lançamento do novo sistema Scala Rider Packtalk.

Segundo informações da empresa, o Scala Rider Packtalk permite conectar, pela rede Bluetooth, um grupo de 10 motociclistas pelo sistema com uma abrangência de cerca de cinco quilômetros. O equipamento também permite conectividade com smarthphones, GPS, tocadores de música e rádio FM, além de outros sistemas.

Vídeo: Cardo Systems/Divulgação

Fonte:

Equipe MOTO.com.br

 

 

WARGAME 2015

BR Paintball - War Game 2015

WARGAME 2015, dia 11 de Outubro de 2015, no Matadouro, o jogo será nos moldes do ano passado com algumas regras alteradas para maior jogabilidade,

Aberto a todos os jogadores, as inscrições, irão ser de R$ 20,00 para atletas federados e R$ 40,00 para atletas não federados, em breve postaremos mais informações…

 

BR-Paintball-Mad-Max

Guerra de Paintball Inspirada em Mad Max: Estrada da Fúria

BR Paintball - Mad Max

 

“Para promover o vindouro jogo de Mad Max, a Warner Bros. Games patrocinou uma corrida de verdade de carros com guerra de paintball, inspirada no filme Mad Max: Estrada da Fúria.

Rodada no deserto de Green River, em Utah, com câmeras RED Dragon, a emocionante disputa pode ser conferida no vídeo mais abaixo – aproveite e confira também no final da página os bastidores da insana corrida.”

Acesse a Matéria Completa do Observatório de Cinema:

Observatório de Cinema: Guerra de Paintball Inspirada em Mad Max: Estrada da Fúria 

 

Vídeo:

 

 

Como Jogar Paintball

Erros Frequentes de Iniciantes

Meu nome é Karina Simões, estou longe de ser uma jogadora de paintball, mas de fato estou muito envolvida com o esporte, tudo o que já li e vi sobre paintball tem que servir para alguma coisa, então escrevi este artigo com trechos de textos que encontrei por ai e mais do que isso, minha experiência como iniciante. Aqui, coloquei alguns erros mais comuns que pude observar de quem está começando e a melhor maneira de corrigi-los. Espero que estas dicas ajudem!

Posicionamento Errado

A primeira preocupação do iniciante quando entra em campo é se proteger, e não ser uma ameaça ao seu adversário. Eles escolhem o maior bunker ou o maior arbusto (no caso de jogadores de mato) e ficam bem no meio dele. Eles não vêem nada, não conseguem dar dicas nem cobrir outro jogador.

 

Aqueles que resolvem avançar vão muito longe e acabam pegos por não ter uma estratégia em mente. Lembre-se, o paintball é um jogo que envolve raciocínio e reflexo rápido. O tempo é curto, até você pensar em uma estratégia dentro de campo seu adversário já te pegou, então seja sempre mais rápido do que ele.

Leia mais

post-guerra-como-treinamento

Guerra como Treinamento

Empresas usam cada vez mais o paintball,

Como ferramenta de treinamento empresarial, visando acelerar competências como elaboração de estratégias, liderança e trabalho em equipe.

Se o mercado é uma guerra, nada melhor do que utilizar técnicas de batalha na vida empresarial. O paintball, esporte que usa armas de pressão e bolinhas de tinta (ou laser, na versão mais moderna), vem sendo cada vez mais empregado por consultores de RH (recursos humanos) como ferramenta de treinamento.

O paintball é utilizado para acelerar a aprendizagem de diversas competências, como elaboração de estratégias, liderança, trabalho em equipe, comunicação, motivação, foco em resultado, integração e tomadas de decisão.

Durante uma partida, duas equipes se enfrentam em um “campo de guerra”, visando colocar uma bandeira no quartel-general (QG) do adversário. Cada jogador entra em campo com um disparador e um número determinado de disparos. Quem for atingido está fora do jogo, ou, dependendo da regra combinada, não poderá invadir o QG oponente.

Leia mais

o que é paintball?

O que é Paintball

Paintball é um jogo

Que começou como uma brincadeira praticada por madeireiros do Canadá e Estada Unidos. Estes trabalhadores utilizavam marcadores para atirar bolinhas de tinta nas árvores a serem derrubadas e, no final do expediente, aproveitavam para fazer um tipo de jogo muito popular nos Estados Unidos, chamado “Capture the Flag” (Capture a Bandeira).

Alguns dos praticantes desta “brincadeira” resolveram levar a coisa mais a sério, dentre eles estava Bob Gurnsey, considerado o Pai do Paintball. Isto foi há 20 anos e, de lá para cá o Paintball sofreu várias mudanças, deixando de ser praticado como uma simulação de combate onde os jogadores se pareciam mais com o Rambo no meio do mato e passando a ser um esporte radical, rápido e super dinâmico, onde se usa roupas muito coloridas equipamentos de alta tecnologia e se joga em campos planos, abertos e com obstáculos coloridos que em nada lembram um cenário de guerra.

Leia mais